OKR: entenda o que é e como implementar a metodologia de metas utilizada pelo Google

A pandemia mostrou para as empresas que o OKR (Objectives and Key Results ou Objetivos e Resultados-Chave, em português) pode ser alternativa mais eficiente do que o planejamento meticuloso de longo prazo que, devido às mudanças inesperadas do mercado, acaba com todo o esforço dedicado para alcançar o sucesso. 

É claro que toda empresa deve ter visão e objetivos para o futuro. Os objetivos operacionais e de negócios anuais são importantes e dividi-los em áreas e unidades ajuda a cumpri-los de forma mais ágil. 

De fato, uma mudança em direção às metas ágeis é desafiadora, pois exige organização e transformação na cultura e no gerenciamento de desempenho. De acordo com o Sebrae, a falta de gestão estratégica é um dos principais motivos de fracasso nas organizações 

Neste contexto, utilizar a estrutura de definição de metas OKR é essencial para preparar a equipe e trabalhar com as métricas de negócios assertivas e alcançáveis. 

O que é OKR

O método OKR é uma estrutura colaborativa de definição de metas usada pelas empresas para definir objetivos desafiadores com resultados mensuráveis. Ou seja, trata-se de acompanhar o progresso, criar alinhamento e incentivar o engajamento em torno dos objetivos. 

Esta abordagem é a conjunção de um objetivo, que informa para onde ir, e vários resultados-chaves, ou seja, aquilo que precisa ser alcançado para atingir a meta. 

A metodologia OKR funciona da mesma forma para definir metas em vários níveis da empresa. Ela também pode ser utilizada para objetivos pessoais ou para conduzir atividades em grupo fora do local de trabalho.

A importância do método OKR

Tradicionalmente, as empresas definem metas organizacionais no início do ano. No entanto, normalmente, algumas não conseguem atingir seus objetivos, devido a problemas com engajamento da equipe, mudança no cenário do mercado, gestão passiva, entre outros fatores.

Apesar de as empresas terem suas intenções, menos de 20% dos trabalhadores conseguem compreender os propósitos e consideram que eles são mal divulgados, conforme indica o relatório de metas da Asana

Com abordagens estáticas, as metas não ficam disponíveis ou visíveis para todos em tempo real. Por isso, a metodologia OKR é importante para elevar os resultados.

Ela aumenta a eficácia e o engajamento, informando aos gerentes quais membros da equipe estão comprometidos com os objetivos do planejamento da empresa. Essas informações são facilmente acessíveis por meio de um processo de check-in semanal das metas de OKR.

Além disso, os OKRs ajudam os líderes a construirem equipes de alto desempenho, capacitando e engajando pessoas, além de fornecer vantagens acionáveis para a operação. 

Os benefícios da metodologia OKR

OKR disponibiliza mais clareza, comunicação aprimorada e uma estratégia coerente e transparente em toda a organização. Veja os principais benefícios: 

  • Foco: OKRs permitem que uma equipe se comprometa a realizar um conjunto de prioridades cuidadosamente escolhidas.
  • Alinhamento: eles fornecem um método para a organização alinhar seus objetivos em cada camada, com prioridades de nível superior e objetivo final.
  • Compromisso: o método OKR exige um nível de compromisso coletivo das equipes envolvidas, a fim de escolher as metas.
  • Rastreamento: possibilitam que uma equipe ou organização acompanhe seu progresso em direção a um objetivo e saiba mais rapidamente quando é preciso mudar de estratégia. 
  • Resultados elevados: os OKRs capacitam as equipes a definir metas que vão além das tradicionais e fazem mudanças significativas nos negócios.

A diferença entre OKRs e as estratégias tradicionais

Os métodos tradicionais, como KPIs (Indicadores-Chave de Desempenho) permitem que a empresa acompanhe o progresso de um determinado projeto ou processo. 

Já os OKRs visam definir e alcançar objetivos de forma eficaz, acompanhando os principais resultados. Aliás, alguns KPIs podem servir como resultados-chave, desde que se conectem aos objetivos definidos.

Em linhas gerais, os OKRs são medidos de forma recorrente, com um período médio de rastreamento de três meses, enquanto as metas tradicionais normalmente são anuais.

 Além disso, o método OKR utiliza alguns fatores importantes como: 

Duração de ciclos

Em seu nível mais fundamental, os OKRs são definidos e redefinidos em ciclos mais curtos, variando de 1 a 6 meses, enquanto as metas tradicionais tendem a ser executadas em ciclos anuais. 

Transparência

A maioria dos OKRs individuais e de equipe fica aberta para consulta de qualquer pessoa da empresa. As exceções se aplicam a coisas confidenciais, como fusões, planos de redução de custos que podem implicar demissões etc. Esta transparência leva a um maior alinhamento e comprometimento com as metas. 

Bottom-up (de baixo para cima)

Os OKRs são definidos de forma descentralizada, o que fornece autonomia e participação às equipes e colaboradores. Os trabalhadores precisam estar na mesma página dos objetivos empresariais, ou seja, este processo é uma quebra ao paradigma da definição de objetivos do “topo para baixo”, que tendem a ser mais formais e rígidos.

Como implementar OKR na sua empresa

O primeiro passo para o sucesso é fazer um bom planejamento. Há diversas técnicas para aplicar uma estratégia eficaz. Entretanto, o método OKR se destaca por sua simplicidade e flexibilidade. Veja os passos principais para implementá-lo:

Estabelecer objetivos claros

A metodologia OKR é clara e prática. Portanto, os objetivos não devem ser diferentes. Dessa forma, será mais fácil para os colaboradores manter o foco e alcançá-los.

Definir prazos mais curtos

É essencial que os objetivos do OKR não sejam muito longos, pois eles podem desviar o foco. Os prazos mais curtos devem ser alinhados para que a equipe tenha tempo suficiente para atingir os resultados propostos.

Monitorar os resultados

Prazos curtos exigem monitoramento constante. Realizar reuniões de supervisão ajuda a analisar e discutir o progresso dos OKRs e quaisquer dificuldades encontradas, o que permite desenvolver objetivos futuros com mais facilidade. 

Compartilhar os resultados com todos

Um dos benefícios dos OKRs é a transparência e, como mencionado anteriormente, toda a empresa deve ter acesso a eles. Da mesma forma, os colaboradores também devem conhecer as metas de negócio. Isso garante que ambos os objetivos sejam claros para todos.

Além disso, para executá-los e rastrear seu progresso, as empresas devem adotar algumas ações essenciais para o sucesso da metodologia OKR. Confira: 

Definir objetivos qualitativos e resultados-chave quantitativos – ao escrever os objetivos, a empresa precisa explicar o que deseja alcançar e melhorar de forma clara e descritiva. Os resultados-chave devem ser apresentados em linguagem quantitativa e mensurável, projetada para cumprir o objetivo.

Atribuir benchmarks percentuais para cada resultado-chave – nem todos os resultados-chave exigem a mesma quantidade de esforço. Para calcular melhor seu progresso, é preciso utilizar medidas ponderadas para cada um deles, a fim de elevar a barra de progresso.

Definir responsabilidades e prestação de contas para os resultados-chave – É importante definir claramente todas as expectativas e responsabilidades para cada um dos resultados-chave, para que todos os participantes possam ajudar a garantir a conclusão das tarefas.

Acompanhar os resultados em uma programação regular – uma medida crucial para garantir o sucesso da estratégia é revisar os OKRs em uma cadência regular. As empresas precisam definir reuniões periódicas para discutir os avanços em grupo. 

Discutir os principais aprendizados ao longo do caminho – esta é uma etapa importante para rever o alcance dos resultados-chave. Por exemplo, um deles pode advir de uma iniciativa para aumentar o número de seguidores em 50%, onde somente 35% foi atingido. Neste caso, é fundamental se reunir com o time para identificar porque o resultado ficou abaixo e o que levar de lição desta ação. 

Os OKRs são uma excelente maneira de alinhar a empresa em torno de objetivos compartilhados e garantir que ela continue a evoluir em uma direção positiva e colaborativa. 

Hoje, grandes empresas, como Google, Intel, LinkedIn, Spotify, Twitter, Netflix e Apple, utilizam esta abordagem para elevar os resultados dos negócios, superar adversidades do mercado e obter longevidade.

A prática de rastrear OKRs em equipe também pode ajudar a manter os funcionários mais envolvidos e engajados nos objetivos de alto nível da empresa, para que possam dedicar seus esforços diários ao trabalho mais importante.

Ou seja, uma abordagem de definição de metas flexível e assertiva, que visa encurtar o caminho para atingir os objetivos empresariais. 

A Sucesu Minas é a mais relevante e atuante sociedade de tecnologia de Minas Gerais. Há mais de 50 anos fomentando o mercado mineiro com as melhores práticas globais do setor, contribuímos para a difusão dos assuntos pertinentes à tecnologia, criando debates e troca de experiências.

Você ainda não é um associado? Faça parte da maior comunidade de empresas e profissionais de Tecnologia e Inovação de Minas Gerais e tenha benefícios exclusivos! Saiba mais clicando aqui!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.