Tecnologias Ambientais e o seu Impacto no Meio Ambiente

TECNOLOGIAS AMBIENTAIS E O SEU IMPACTO NO MEIO AMBIENTE

É impossível falar de tecnologia sem falar de sustentabilidade e, com os avanços tecnológicos, surgem preocupações com o meio ambiente e a utilização de energia para o funcionamento das máquinas. E é justamente aí que entram em ação as tecnologias ambientais.

O QUE SÃO AS TECNOLOGIAS AMBIENTAIS?

As tecnologias ambientais são aquelas que se destacam pelas inovações focadas em tudo que envolve o meio ambiente, sempre trazendo à tona questões que englobam sustentabilidade e energias renováveis.

Atualmente, muitos profissionais já trabalham com soluções tecnológicas que se pautam em reduzir ou eliminar as causas do aquecimento global, por exemplo, com o uso da tecnologia e inovação.

As mudanças climáticas já são tópicos fatídicos para os novos negócios se desenvolverem com a criação de tecnologias verdes. A padronização nos serviços e produtos atuais é pensada para transformar com a tecnologia.

Então, o que é ofertado hoje considera o seu impacto nos problemas mundiais e, portanto, reduz a exploração excessiva dos recursos naturais e conta com as tecnologias sustentáveis para diminuir as emissões de carbono, dentre outros benefícios para a sociedade.

COMO AS TECNOLOGIAS AMBIENTAIS AJUDAM NO MEIO AMBIENTE?

As tecnologias ambientais trabalham com alternativas que diminuem os influxos de substâncias, reduzindo o consumo de energia e as emissões, aproveitando os subprodutos e minimizando os problemas da eliminação de resíduos.

O principal desafio das tecnologias verdes é melhorar a ecoeficiência com a aplicação de sistemas de gestão ambiental que tornam os processos produtivos mais ecológicos.

Com o passar do tempo, surgiram diversos projetos focados na melhora e conservação do meio ambiente, mas, na prática, o planeta sofre o impacto do descaso dos governos com a sua preservação.

Por outro lado, os avanços da tecnologia chegam a níveis jamais esperados, trazendo funcionalidades capazes de melhorar, e muito, a vida do ser humano. 

Só que a diferença entre o remédio e o veneno está na dose: o avanço tecnológico que ajuda no meio-ambiente pode também ser um vilão.

Certos avanços realmente só contribuem para que haja um consumo desenfreado, capaz de causar grandes impactos no planeta. 

A TECNOLOGIA AMBIENTAL PODE SER PREJUDICIAL AO MEIO AMBIENTE?

Sempre que uma empresa investe em melhorias na criação de produtos sem pautar os impactos durante sua produção, isso é nocivo ao planeta. Dessa forma, alguns avanços da tecnologia podem ser prejudiciais ao meio ambiente, como:

  • Produções com altos impactos ambientais.
  • Grande produção de lixo.
  • Exploração de recursos finitos.
  • Incentivo ao consumo recorrente de produtos que não necessitam de troca.

Empresas que focam somente em lucros, sem se preocupar com questões socioambientais, acabam prejudicando o planeta. 

Uma pesquisa feita pela Fundação Dom Cabral com mais de 400 empresas mostra que 78% delas afirmaram que a preocupação com o tema sustentabilidade está na estratégia de negócios, mas apenas 36% têm ações concretas nesta área.

Essa é uma das razões que torna tão importante a eficácia na fiscalização e também em leis que protejam o meio ambiente. Assim a tecnologia não se resume em servir somente ao bem estar humano, sem se preocupar com o meio ambiente.

Por outro lado, quando a empresa entende que a responsabilidade ambiental deve ser parte importante do seu objetivo, ela acaba tendo grandes retornos financeiros, praticando a sustentabilidade e melhorando os aspectos ambientais.

 Você ainda não é um associado? Faça parte da maior comunidade de empresas e profissionais de Tecnologia e Inovação de Minas Gerais e tenha benefícios exclusivos! Saiba mais clicando aqui!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.