Terceirizar para otimizar

Mais economia, produtividade nos serviços e agilidade nas decisões da empresa são algumas das vantagens do mercado de outsourcing, que vem ganhando cada vez mais destaque no Brasil.


Thalita Matta Machado

O baixo crescimento da economia neste ano exige mais foco no negócio das empresas e no aumento da produtividade, da competitividade e da redução dos desperdícios. Nesse contexto, o mercado de outsourcing vem ganhando força no país como uma alternativa inteligente e econômica para quem quer seguir em crescimento. “A terceirização de serviços vem sendo apresentada como uma forma de aumentar a eficiência das empresas, permitindo o desencargo das tarefas–meio, para que as companhias possam dedicar-se exclusivamente ao seu core business”, explica Marcus Nasser, vice-presidente de Outsourcing da Sucesu Minas.

Nasser contextualiza ainda que, há poucos anos, as corporações ainda buscavam montar seus pontos de atendimento com a compra de equipamentos. Essa opção gerava um alto custo de investimento. Para se ter uma ideia, nessa época, um único PC convencional custava em torno de R$ 3 mil. As máquinas também se tornavam obsoletas rapidamente, e mal havia manutenção.

Agora, o panorama é outro, como explica Nasser, que também é diretor da Genesis Outsourcing, cuja missão é simplificar e gerenciar os parques tecnológicos de organizações de qualquer porte ou setor: “Hoje, minha empresa soluciona o problema do cliente em até 24 horas, garantindo o equipamento mais adequado às suas necessidades, com a cobertura de manutenção e a possibilidade de atualização das máquinas. Também acompanhamos o crescimento da organização e atendemos à sua nova realidade”.

Um exemplo desse atendimento feito pela Genesis é o serviço prestado às lojas e aos call centers da China in Box, em todo o Brasil. A rede de restaurantes utiliza os terminais thin client, que garantem agilidade nas comandas e melhor custo-benefício para que os pontos de atendimento alcancem alta produtividade. “O thin client é um equipamento que otimiza o funcionamento de um PC. É a solução perfeita para a China in Box, que precisa de máquinas operantes e funcionais no ambiente da cozinha, por exemplo, que esquenta e acumula gordura”, defende Nasser. Para ele, as terceirizações da infraestrutura de TI já conquistaram um nível significativo de penetração e consolidação no mercado brasileiro.

Ganhos concretos

Um estudo recente divulgado pelo Gartner sinaliza o amadurecimento global do processo de terceirização, que deve movimentar, em 2015, cerca de US$ 45 bilhões em todo o mundo, sendo US$ 19 milhões somente no Brasil. “Apesar de Minas Gerais ter registrado um decréscimo no PIB de 2014 de mais de 1%, o percentual em relação a serviços cresceu cerca de 0,2%, ou seja, nosso estado confirma a grande vocação para serviços, especialmente em TI”, afirma José Rubinger Filho, que está à frente da empresa Conecta Rubinger. O Grupo Rubinger foi pioneiro no mercado de outsourcing voltado para a análise dos contratos mantidos com as operadoras de telefonia. Hoje, os serviços do SuaConta, criado pela empresa, ajudam as corporações a reduzirem os custos em até 40% sobre os valores das faturas, a partir de um processo permanente de auditagem do contrato.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.