Token não fungível: entenda o que é NFT

NFT é um certificado para ativos digitais que representam objetos do mundo real, como roupas, músicas, itens de jogos, vídeos, obras artísticas, fotos, entre outros. Eles são comprados e vendidos via internet frequentemente com criptomoedas.

Apesar de existirem desde 2012, os tokens não fungíveis ganharam notoriedade agora por serem uma forma cada vez mais popular de comprar e vender obras de arte e itens digitais, tornando-se um mercado promissor e em grande crescimento

De acordo com a Forbes, desde novembro de 2017 até junho de 2021, mais de 170 milhões de dólares foram gastos em NFTs. Inclusive, este mercado cresceu 20 vezes no segundo ano da pandemia. 

Acompanhe este artigo para entender o que é NFT, como funciona e de que maneira os investidores estão faturando com isso. 

O que é NFT

Para entender o que é NFT, basta pensar que eles são produtos digitais exclusivos. Ao contrário dos artigos fungíveis, que podem ser substituídos ou trocados por outro idêntico e de mesmo valor, os tokens não fungíveis não são intercambiáveis, ou seja, não há dois iguais. 

Por exemplo, imagine um tênis super diferente e peculiar. Certamente, há diversos pares iguais a ele sendo comercializados ao redor do mundo. Já um produto NFT é exclusivo e sem cópias. 

Isso gera escassez em torno dos produtos e abre espaço para um novo mercado. Por não se tratar de itens que podem ser trocados e nem fracionados, os NFTs chamam atenção de colecionadores e investidores interessados em ganhar dinheiro com artigos digitais. 

Além disso, empresas já começam a utilizar NFTs para transformar a indústria de seus respectivos segmentos e famosos já faturaram com as vendas deles, em formato de imagens.

Até mesmo o Google e o Felipe Neto já começaram a fazer parcerias e criar plataformas de tokens não fungíveis. Veja o segundo NFT mais caro da história até a produção deste conteúdo (23/11/2021):

Diante disso, a pergunta que vem à mente das pessoas é: como um item que pode ter sua imagem clonada na internet se tornou tão valioso? Acompanhe para entender. 

Como funciona o mercado de NFTs

Todos tokens não fungíveis permitem que o comprador possua o item original. Não só isso. Eles contam com uma autenticação embutida, que serve como prova de propriedade. Normalmente, os colecionadores valorizam mais a autenticidade do que o próprio item. 

Para verificar a autenticidade e realizar as compras e vendas, o mercado de NFTs utiliza a blockchain. 

A maioria das transações de NFTs é realizada por meio do blockchain,  tecnologia famosa por ser utilizada para transações em criptomoedas. Ela funciona como uma espécie de livro-razão, no qual todas as transações ficam registradas. Isso permite que as informações sejam monitoradas por qualquer usuário na rede.

A tecnologia blockchain e os NFTs oferecem às empresas e todos os criadores de produtos digitais uma oportunidade de monetizar seus produtos. 

Por exemplo, em vez de uma loja famosa ou site de varejo, as marcas podem vender seus produtos em forma de NFT diretamente ao consumidor, o que também ajuda elas a terem uma parte maior dos lucros. 

Sendo assim, qualquer coisa, como GIF, vídeo, imagem, arte, adesivos, pode ser vendida em forma de um NFT. Como exemplo disso, em 2021, o meme com a imagem de uma menina sorrindo para câmera, enquanto um hospital pega fogo, foi vendido por mais de R$ 2 milhões

Há uma grande variedade de mercados de NFTs, como jogos, vídeos, obras de arte, desenhos, músicas, entre outros. Confira as plataformas mais famosas do momento:

  • OpenSeaAtua com todos os tipos de ativos digitais disponíveis. 
  • Axie MarketplaceJogo com itens NFTs para comprar e vender.
  • NBA Top ShotMercado de vídeos lendários da maior liga de basquete americana.
  • Rarible – Com diversos tipos de NFTs no mercado, inclusive músicas. 
  • 9Block Plataforma brasileira de criação e comercialização de NFTs

Como investir em NFTs

Primeiro, é necessário ter uma carteira de investimentos que permita armazenar NFTs e criptomoedas. Ela funciona como um passe para entrar nas plataformas e converter criptomoedas em dinheiro fiduciário, como o real. 

É possível adquirir diferentes tipos de criptomoedas com um cartão de crédito em carteiras digitais, como a Binance. Depois de obter os ativos em cripto, é só entrar nas plataformas escolhidas e investir em NFTs. 

É importante ressaltar que muitas dessas plataformas cobram taxas por transações de conversão, venda e compras de ativos. Portanto, é preciso fazer uma boa pesquisa, estudar os riscos e o funcionamento do mercado, antes de começar a investir em NFT.

A Sucesu Minas é a mais relevante e atuante sociedade de tecnologia de Minas Gerais. Há mais de 50 anos fomentando o mercado mineiro com as melhores práticas globais do setor, contribuímos para a difusão dos assuntos pertinentes à tecnologia, criando debates e troca de experiências.

Você ainda não é um associado? Faça parte da maior comunidade de empresas e profissionais de Tecnologia e Inovação de Minas Gerais e tenha benefícios exclusivos! Saiba mais clicando aqui!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.